Patrocinador

Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

Rapidinhas

Localizar

Poesias 















Segue abaixo algumas poesias de minha autoria...

Sempre é bem vindo uma boa leitura... 



UM MINUTO DE LUZ

Esperei-te por muitos anos
Sonhei com esse momento
Nasci na escuridão passei minha infância no escuro.
Nunca pude te ver, te admirar
Não sabia como tu eras
Falaram muito de te
Imaginei-te de tantas formas, mas não imaginava que tu eras assim
Imensa, iluminada, formosa e ilustre
Choro de felicidade por que lutei, sofri
Mais vence e estou aqui diante de te
Quero dizer que você é única
Vou guardar-te na lembrança
Quero te tocar mais não posso
Estou feliz por te vi, te conheci e posso te admirar
Obrigado Deus por essa noite feliz.

MEU EXILIO

Glorioso es tu senhor
Pai dos pais
Filho dos filhos
Tu es meu exílio

NÃO VIVO SEM

Águas que vem,
Águas que vai.
Sem água não vivo
Não vivo sem paz.

SONHO RAPIDO

Ao fechar meus olhos
Não sinto mais o meu corpo
Adormeço e viajo
Vejo lugares distantes pessoas que nunca vi.
Lugares emocionantes, surpreendentes
Não sei onde estou, nem sei mais que sou.
Parece que minh’alma se desprendeu do corpo
Sinto que posso voar e as estrelas tocar que lugar é este?
Que não tem fim nem começo.
Vejo ao longe uma queda d’água cristalina e purificada,
Não tem peixes, não vejo mais nada.
O sol que me aquece parece se esfriar logo sinto em meu corpo a brisa do mar
Que lugar é esse?
Que o sol não tem cor, que o mar não tem sabor
Agora me encontro em meio à rua.
Os carros passam por mim como trovões sem me atingir.
Um sorriso me cumprimentando, um aperto de mão, de quem será?
Um susto e todo esse mundo acabou abro meus olhos e acordo.
Ah, a campainha tocou!

A FACE

O semblante pálido
O semblante sombreado
Os olhos lagrimosos soluços opacos
Sois-vos que me magoa a face
Rosas, folhas, flores
Pássaros e muitas cores
Sinto a face mais leve, mais forte
A face que tu machucas é a mesma que tu amas.

A CULPA

A natureza em sua virtude...
A vida em plena altitude...
Já nasci preso sem direito a liberdade
Vivo com a fome ao meu lado minha única companheira
Sinto o peso do preconceito em minhas costas
Vejo o mundo pisar em mim e não tenho poder para reagir.
Sem moradia vivo com os ratos e me alimento dos restos
Que a sociedade deixa para trás
Respiro a fumaça dos carros
Não sei que sou, não me registraram em cartório.
Não me deram família, nem escola.
Vivo onde termina a elite e começa o esgoto.
Entre a fezes me divirto,
Entre a urina me banho
No meio da imundice rezo para não sair mais dali.
Não sou cidadão, não sou gente
Sou excluído da sociedade democrática
Sou lesado e por isso me calo diante da omissão todos teus pecados.

CANTEIRO

Os olhos do fogo
Fogo do meu coração solitário
Vinde buscar tua vistosa semente
Plantai-vos com felicidade e muito amor.
Colhei-vos quando o sol cantar
Para a semente de o nosso futuro brotar.

NO INCOSCIENTE

Vais de encontro com o teu inconsciente,
Vais de encontro com deus
Que habita o teu presente

REFLEXÃO

Viver sem o valor da vida.
Sorrir, transmitir alegria
Viver, sabendo que amanha
Você poderá perder o fio da vida
Dormir, sem ao menos agradecer pelo dia.
Viver, sem saber que a vida
É como um relógio
Gritar, saltar e pular...
Se agent6e crer vai saber
O poder que temos no nosso consciente
Saber que a mente controla o ser vivente que sente...

SÃO OS SORRISOS

São os sorrisos
De um garoto maroto.
São os sorrisos
De um velho amigo.
 São os sorrisos
 De uma mãe, de uma filha, de um irmão de uma família
Que acalmam a alma da mãe terra.

LADO

O lado de dentro
É diferente do lado de fora.
 Todos somos diferentes
Mais me conformo
Com o lado de dentro 
Ser diferente do lado de fora.

AZUL

O azul do céu
O azul do mar
O azul das bandeiras
É o azul que colore o teu olhar.

SER JOVEM É

Ter o poder do futuro em suas mãos
Ter no futuro o poder de uma nação

No passado um indigente
No presente ser alguém
No futuro ser patrão

Basta por a mão na consciência,
Refletir na adolescência
Para mudar o mundo basta uma simples
Ação: Ser um Jovem Cidadão.
Ser o futuro da nação basta acreditar no coração
Jovem é a essência da vida
O tijolo da construção.

DIVIDIDO

Meu coração esta partido
Entre o bem e o mal
Só que a maior parte
Ficou sem sal.

O VERSO DO VENTO

Escutei o vento
Soprar um verso
O vento soprar
No sopro escutei
O verso do vento
Que compões para o luar.

AMAR É COMO...

Amar é como beber o mel de uma 
Colméia infestada de abelhas.
O amor é uma picada com a doce dor
Amar é como voar sem asas, sem pára-quedas.
O nosso amor é como uma rosa linda, mas com espinhos
Cultivada no jardim onde sempre pousa um beija-flor.

FUGA

Sair... Correr... Voltar...
Um suspiro, muitas magoas.
Correr... Correr e se esconder
Do medo da escuridão nefasta
Sair... Sair... Fugir...
Voltar... Voltar... Dormir
Sonhar através de um sono profundo e profano
Entrar... Entrar... Descobrir...
O sonho que invade meus pensamentos, meu corpo
Olhar... Olhar... Fingir...
O temor que abala as pernas
Que fecham meus olhos.
Escuto gritos, gemidos
Tudo isso na palma da minha mão.
Fugir... Voltar... Se esconder
Estou aqui nesse chão,
Na cascata andei, sonhei com um avião
E os sonhos profanos invadiram o meu coração.
Pulei da ponte, escapei da solidão
Andei... Andei...
E sonho me seguiu
Sonhei... Sonhei...
Cai da cama e acordei.

Um comentário: