Patrocinador

Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

Rapidinhas

Localizar

sexta-feira, 22 de julho de 2011

Tenha uma Renda Extra com Ganhando Web





O Ganhando na web é um sistema inovador de marketing de afiliados você se cadastra faz um único investimento de apenas R$ 2,00 e tem uma renda extra de R$ 600,00.






Seu investimento e suas comissões são feitas pelo PagSeguro do Uol.


Se não tiver conta no PagSeguro REGISTRE-SE AQUI sistema 100% seguro.








segunda-feira, 18 de julho de 2011

A Sua ajuda é Fundamental

Caros amigos, conhecidos, ouvintes e simpatizantes a Rádio Web Raça
Através desse comunicado venho solicitar a ajuda de vocês para manter nossas atividades  tenho certeza que de alguma forma você irá nós ajudar.
Não queremos nada de graça toda a ajuda terá a sua recompensa por que você sempre merece um agradecimento a altura.
Veja como nós ajudar a manter nossas atividades (Rádio Raça)

Ao fazer uma doação no valor de R$ 6,00  receba um desenho exclusivo a sua escolha. (Roupa de festa, roupa de orixás, etc)
  • Enviamos para o seu endereço ou e-mail sem custo.
Ao fazer uma doação no valor de R$ 16,00  receba um DVD Pierre Verge – Mensageiro de Dois Mundos.
  • Enviamos para o seu endereço sem custo.


Ao fazer uma doação no valor de R$ 30,00 e receba uma consulta espiritual através do jogo de cartas.
è Consulta feita através de telefone ligação local para qualquer lugar do Brasil ou via web cam.


Ao fazer uma doação no valor de R$ 50,00 e receba uma consulta espiritual através do jogo de búzios.
  • Consulta feita através de telefone ligação local para qualquer lugar do Brasil ou via web cam.






Toda doação é feita através do PagSeguro uma empresa do Grupo UOL 100%

" Se preferir enviamos um boleto de doação via e-mail"
Obs: Confirme a doação através do e-mail.
Não esqueça de enviar nome, endereço completo para receber sua recompensa.
A Ajuda mutua é fundamental para a continuidade de boas ações.
Contatos: 11-6515-8621 ou 51-8558-9939 - Lobato


Toda informação ou transação é confindencial e segura. Nosso trabalho é de extrema seriedade e queremos apenas continuar contribuindo coma arte, cultura e religião afro.




segunda-feira, 27 de junho de 2011

O Ator

... "Em 1997 em Francisco Morato - SP aos 15 anos começou a fazer teatro sem imaginar a transformação em sua vida. Luís Lobato sempre foi tímido e retraído porém encontrou no teatro uma válvula de escape e um baú de imaginação que escondia.

De aluno de teatro um ano depois que começou as aulas, entrou para o Grupo Teatral Art & Faces como dramaturgo free lance escreveu e adaptou vários espetáculos como: SOS Natureza, Serafina na Terra da Fantasia, Sitio do Pica Pau Amarelo, João e Maria entre outros..

Nesse período participou de festivais de teatro, como: Mapa Cultural Paulista com espetáculo “Morte e Vida Severina onde protagonizou o espetáculo, fez apresentações em diversas cidades do interior paulista e sul de Minas. Foi entrevistado no programa Leandro.com veiculado pela TV Libertas de Pouso Alegre em Minas Gerais.



Fotos da Época


Matérias veiculadas na Mídia

Projeto Mutirão 17 - Espaço 2 de Arte - Teatro Plínio Marcos






sábado, 11 de junho de 2011

quarta-feira, 11 de maio de 2011

Frases para o dia a Dia da nossa Vida

As frases abaixo são de autoria de Luis Lobato, utilize as com sabedoria e as publique desde que citada a fonte.


Acompanhe mais no Twitter  no Facebook ou no Orkut Lobato | Orkut Radio Raça




"Sempre vire a página quando não gostar da historia. Porém na vida é mais difícil virar a pagina sem mexer com a  história." [by Luis Lobato]


"O momento é esse!! Momento de refletir e buscar o desconhecido assim, jamais ficara um passo  a traz."  [by Luis Lobato]


"A sorte do dia é acreditar em você mesmo, sempre e todosos dias." [by Luis Lobato]


"O que é saudades? Um dica que sempre uso... Viver o presente, planejar o futuro sem correr a traz do passado!" [ by Luis Lobato]


"Dia 08 de Maio, para muitos especial, para outros dia de saudades e para vc? Mãe é única. Dia das mães é todos os dias quando vc levanta, olha para sua mãe e diz: Bom dia, te amo, te adoro.... Uma panela, um liquidificador não diz o quanto vc a admira e sim, um simples e honesto abraço... " (Ainda não conseguir por em prática esse texto)[by Luis Lobato] 


"A Atitude de recomeçar vale mais do que o silencio de omitir o ato...."  [by Lobato]


"Qual é o significado de um dia especial para você! Simplesmente esse dia é o momento da descoberta do seu "eu"!" [by Lobato]


"Não sinta-se culpado por nada, que não seja a sua culpa. Não leve nas costas tudo e sim só o que é sua parte."[by Lobato]


"A criatividade enobrece o ser. Seja sempre criativo, uma simples idéia pode transformar o mundo."[by Lobato]


"As vezes é bom viver um pouco de ilusão. Porém não viva de ilusões! Seja firme e siga seus projetos com um olhar critico." [by Lobato]


"O sol é um grande astro. e vc? Seja também um astro. Sua estrela vai brilhar muito basta você refletir e conquistar os seus objetivos. Asè!"  [by Lobato]


Postarei mais frases em outros momentos...


Obrigado pelo "Carinho" e pela Visita.

sexta-feira, 1 de abril de 2011

Os Três Mal-Amados

"Um país se faz com homens e livros."


Monteiro Lobato



Os Três Mal-Amados ( João Cabral de Melo Neto )


O amor comeu meu nome, minha identidade, meu retrato. O amor comeu minha
certidão de idade, minha genealogia, meu endereço. O amor comeu meus cartões de
visita. O amor veio e comeu todos os papéis onde eu escrevera meu nome.
O amor comeu minhas roupas, meus lenços, minhas camisas. O amor comeu metros e
metros de gravatas. O amor comeu a medida de meus ternos, o número de meus
sapatos, o tamanho de meus chapéus. O amor comeu minha altura, meu peso, a cor
de meus olhos e de meus cabelos.
O amor comeu meus remédios, minhas receitas médicas, minhas dietas. Comeu minhas
aspirinas, minhas ondas-curtas, meus raios-X. Comeu meus testes mentais, meus
exames de urina.
O amor comeu na estante todos os meus livros de poesia. Comeu em meus livros de
prosa as citações em verso. Comeu no dicionário as palavras que poderiam se
juntar em versos.
Faminto, o amor devorou os utensílios de meu uso: pente, navalha, escovas,
tesouras de unhas, canivete. Faminto ainda, o amor devorou o uso de meus
utensílios: meus banhos frios, a ópera cantada no banheiro, o aquecedor de água
de fogo morto mas que parecia uma usina.
O amor comeu as frutas postas sobre a mesa. Bebeu a água dos copos e das
quartinhas. Comeu o pão de propósito escondido. Bebeu as lágrimas dos olhos que,
ninguém o sabia, estavam cheios de água.
O amor voltou para comer os papéis onde irrefletidamente eu tornara a escrever
meu nome.
O amor roeu minha infância, de dedos sujos de tinta, cabelo caindo nos olhos,
botinas nunca engraxadas. O amor roeu o menino esquivo, sempre nos cantos, e que
riscava os livros, mordia o lápis, andava na rua chutando pedras. Roeu as
conversas, junto à bomba de gasolina do largo, com os primos que tudo sabiam
sobre passarinhos, sobre uma mulher, sobre marcas de automóvel.
O amor comeu meu Estado e minha cidade. Drenou a água morta dos mangues, aboliu
a maré. Comeu os mangues crespos e de folhas duras, comeu o verde ácido das
plantas de cana cobrindo os morros regulares, cortados pelas barreiras
vermelhas, pelo trenzinho preto, pelas chaminés. Comeu o cheiro de cana cortada
e o cheiro de maresia. Comeu até essas coisas de que eu desesperava por não
saber falar delas em verso.
O amor comeu até os dias ainda não anunciados nas folhinhas. Comeu os minutos de
adiantamento de meu relógio, os anos que as linhas de minha mão asseguravam.
Comeu o futuro grande atleta, o futuro grande poeta. Comeu as futuras viagens em
volta da terra, as futuras estantes em volta da sala.
O amor comeu minha paz e minha guerra. Meu dia e minha noite. Meu inverno e meu
verão. Comeu meu silêncio, minha dor de cabeça, meu medo da morte.